Nostalgia de viver

“Eu não sei mais quem eu sou, não me reconheço, mas não quero voltar a ser a mesma de antes. Dizia ser um nada como se soubesse o significado da palavra, ou talvez ele até tenha tantos significados que não conseguimos classificar em apenas uma ocasião, eu fui um nada e sou um nada, mas nas minhas comparações só tenho piorado. Quero que alguém me salve logo desse meu universo que é só meu, porém não tem como alguém me levar de algo que eu até goste… Acho que na verdade eu não queira parar de ser fria e chata todos os momentos. E sempre arrumamos uma desculpa para as coisas que fazemos e como todos eu não seria diferente e justifico minhas atitudes por coisas que outros fizeram pra me livrar da sobrecarga.

Uma vez eu disse para uma amiga que não havia problemas em estarmos no fundo do poço, pois estávamos juntas e do fundo do poço só tem como subir… Acho que é assim que eu me sinto hoje, no fundo do poço, mas sozinha e com uma uma tonelada de ferro amarrada nos meus pés.

Gostava do meu antigo eu, de como eu via as coisas e o mundo, de como tudo era inofensivo. Acho que sinto falta da época que todo fim de tarde ia pra rua com os amigos brincar, ou de chegar em casa toda suja de areia. Dizem que é apenas uma fase, mas essa fase já tem demorado bastante tempo pra passar.

Não seria mentira dizer que perdi a confiança em quase todos que diziam ser meus amigos para o que der e vier, e com todos os outros, sempre um pé atrás. Não sou de fazer promessas, mas se eu fizer pode ter certeza que eu irei cumpri-lá,  nunca prometa algo que você sabe ou até mesmo ache que não vá cumprir, não faz lógica… Algumas pessoas não tem noção das promessas que fazem e acabam fazendo o contrário do que falam.

Eles não aguentam ouvir a verdade, por isso mentem, por isso me abominam. Não vou parar de ser como sou por algumas pessoas não terem gostado… Se eu estou satisfeita como eu sou e como estou, por mim tanto faz tua opinião. Irão te perguntar se está bem, sem nem ligar para a resposta, mas um dia a gente acorda. Gosto de ver como no final, tudo se encaixa corretamente e uma pista, realmente te leva à outra.

Dizem também que é normal as pessoas mudarem com o tempo, mas eu imaginava que mudássemos para melhor e não que virássemos alguma “ameba”. Creio que a maioria das pessoas se esforcem para algum dia ser alguém na vida, mas, já se perguntaram o real motivo de para que e por que querem ser “alguém na vida”? Se nada somos e nada seremos, qual o real motivo afinal?  Sinto que fugimos dessa realidade, Mas… A morte é inevitável.  Não quero dizer que não devemos nos esforçar para conseguirmos ou/e algo que queremos, digo no sentido de parar pra refletir se você está satisfeito com o que tu é e tem.

Diante desses milhões de sentimentos, eu nem sei mais o que eu sinto!  Poderia dizer apenas que estou triste, mas não é só isso, é uma mistura de coisas que eu nem sei descrever… Talvez eu seja a única atrás desses por quês idiota da vida. Não consigo que conformar tão naturalmente com algo que na minha concepção esteja errado.

Tanta coisa pra fazer, tanta coisa para viver, tantos lugares para conhecer, tantos amigos para fazer… E eu nessa minha indecisão de se vou ou fico por medo de realmente viver.”

 

 

Não sei ao certo o que é.

“Porque se não for amor, eu não sei o que é. Se isso não significa nada pra você, quero que saiba que pra mim significou muito. Você pode até fingir que não liga ou realmente não se importar.. Afinal, o que você realmente quer ? Seja você por completo, não finja ser algo que não é comigo, pois eu gosto do teu verdadeiro jeito de ser. Já te disse milhares de vezes que sou apaixonada por você, que só teu abraço me conforta, e que teu papo de pegador não me iludi mais, mas é só olhar pra você que todos os meus pensamentos de fugir e te esquecer desaparecem num instante. Me explica como você faz essa hipnose toda só de olhar nos meus olhos pois eu nunca entendi ao certo o motivo de não conseguir desviar o olhar de você. Queria ser menos orgulhosa, queria te querer menos, queria que você estivesse aqui, e não precisa de me dar nada em troca, apenas o que você quiser. Faço planos, arrumo as malas e vamos embora daqui, só eu e você… Até deixo você escolher o destino se no final da trilha você ficar comigo. Sei que sou insegura, mas é que tenho tanto medo disso tudo acabar e eu não te merecer. Desculpa se as vezes te prendo demais, e faço você ficar mais tempo do que realmente pode, é que logo quando você sai eu já sinto saudade, então vem logo me ver de novo porque uma eternidade é muito pouco perto de você. Quero dez vidas para passar todas elas ao teu lado, mas não consigo te prender nem em uma delas. Eu sei que você já disse pra eu não me preocupar e que você vai voltar, mas promete mais uma vez que não vai me deixar! Preciso voltar logo dessa transi pra poder sentir de novo esse poder que só você tem de fazer todos os meus problemas sumirem e parecerem tão idiotas. Me diz que esses meses que passamos separados só foram para aprendermos que precisamos ficar juntos, pois não sei se separados teríamos o mesmo efeito. Pode até parecer que eu quero te prender, ou esteja sendo egocêntrica, mas juro que estou tentando ser a mesma sem você, só não tem surgido efeito. Não vou dizer que minha tentativa de te ignorar tenha falhado, pois não falhou… Apenas foi um pouco complicado ter você ali do meu lado e não poder te abraçar, pegar na tua mão, te chamar de amor e ficar ali, em paz. Amor com certeza não é, pois essa paixão não foi eternizada. Não sei mais se estou triste por perder você ou por essa paixão ter sido tão fraca. Posso até afirmar que eu não sou mais apaixonada por você, pois isso é verdade, creio que apenas tenho algum remorso ou sinta falta de ter alguém como você. Mas pelo menos com isso tudo você conseguiu me ensinar que eu ainda vou me apaixonar por vários até encontrar o certo pra mim, você foi apenas o primeiro e que não, não foi amor.”

  

      Um textinho curto porque me deu vontade de escrever e no fim saiu isso ai.. rs, beijinhos, espero que gostem! *-* 

“Nojinho” excessivo..

ooi gentem..

Cara, da onde vocês tiram que arroto(e derivados) são tãaaao nojento assim? Vocês também não cagam, peidam, arrotam, vomitam e etc ??? Então qual o motivo de quando tu ver uma pessoa fazendo essas mesmas coisas você achar nojento? Pode me explicar produção? Sinceramente eu não intendo!

Beleza que fede e pá, mas é melhor soltar do que deixar preso né gentem ? hahahahaha

Quando eu estou com minhas amigas uma delas sempre inventa de fazer concurso de arroto, na hora eu topo e as outras ficam meio em dúvida.. Mas na hora que começa todas entram no clima, quem nunca fez concurso de arroto com alguém e achou divertido ? Fala sério né pessoal.. Todas vezes que eu uso as palavras “cagar e mixar” em vez de fazer “xixi e cocô” alguém sempre repara de diz “nossa, nunca vi uma menina dizer isso” ou “nossa, que desnecessário” como se fosse a coisa mais absurda do mundo.. rs.

Esse post foi feito por pedidos de um amigo! E aí meninas, qual ai de vocês também cagam e peidam ? haha

  Imagem

Beijinhoos ;*